DEUS ESTÁ PROCURANDO MÃES QUE ENCONTREM TEMPO PARA ORAR PELOS SEUS FILHOS

10/04/2013 14:09

 

 

    A pressa é o sinal distintivo da nossa geração. Vivemos sob a pressão do urgente. Não temos mais tempo. Corremos o dia todo. Acordamos cedo e vamos dormir tarde. Vivemos sob o peso do estresse, da agenda congestionada. Os pais não têm tempo para os filhos. O trabalho está ocupando todo o tempo da família. O dinheiro passou a ser mais importante do que os relacionamentos. O lar se transformou num albergue, onde as pessoas só se encontram para dormir. Os relacionamentos estão em frangalhos porque a família deixou de ser prioridade. As coisas urgentes tomaram o lugar das coisas importantes. O diálogo está morrendo dentro das famílias. A televisão ocupou o lugar do altar de oração nos lares. A família já não tem mais tempo para orar, para ler a Bíblia e para cantar louvores a Deus. As migalhas de tempo que lhes sobeja são utilizadas com banalidades e conversas vazias ou mesmo com o silêncio sepulcral. Os pais e os filhos estão vivendo isolados debaixo do mesmo teto. Os filhos fazem dos seus quartos um lugar de fuga da comunhão familiar. Estamos levantando muralhas de separação dentro de casa em vez de construirmos pontes de contato.

    Precisamos de mães que passem tempo com seus filhos, de mães que falem de Deus para os seus filhos, mas, sobretudo, de mães que falem dos seus filhos para Deus. (...) Necessitamos de mães que conheçam a Deus na intimidade, mães que vivam na presença de Deus, mães que derramem seus corações diante do Senhor em fervente oração. Precisamos de mães que busquem mais a salvação e a santificação dos seus filhos do que o sucesso deles. Precisamos de mães que passem mais tempo no altar da intercessão pelos filhos do que nas academias de ginástica. Precisamos de mães que desejem ardentemente que seus filhos sejam mais filhos de Deus do que seus próprios filhos.

    A maior influência que uma mãe pode exercer na vida dos seus filhos é por meio da intercessão. O maior investimento que uma mãe pode fazer na vida dos filhos é orar por eles. A maior defesa que uma mãe pode realizar a favor dos filhos é diante do trono da graça de Deus.(...)

    Temos muitos sonhos em relação aos nossos filhos. (...) Queremos que eles alcancem as melhores notas na escola, que eles passem no vestibular com destaque, que eles galguem os bancos da universidade como heróis. Desdobramo-nos para ver os nossos filhos vencendo na vida. Não poupamos esforços para vê-los alcançando o topo da realização profissional. Ficamos empapuçados de orgulho ao ver o sucesso dos filhos.(...)

    A grande questão é se estamos consagrando os nossos filhos a Deus com o mesmo entusiasmo. (...)

Texto extraído do livro "Mães Intercessoras" de Hernandes Dias Lopes