Melhor?

19/09/2013 15:44

 

Leitura Bíblica: Mateus 19:16-22

 Você é bom? Talvez não, mas quem sabe melhor do que já foi antes. Que bom! Ou não?

    Quase todos acham que melhorar é bom, e muitos tentam ser "o melhor" onde estão. Já dizer "Eu sou bom!" soa falso. O fato é que no fundo sabemos que não é assim. Contudo, seria tão bom se todos fossem bons, completamente. Como parece impossível, tenta-se ao menos melhorar, chegar perto, mas sempre falta um pouco.

    No texto sugerido, o jovem rico aproxima-se de Jesus e diz: "Bom Mestre, que bem farei para conseguir a vida eterna". A resposta de Jesus é inesperada: Porque me chamas bom? Não há bom, senão um só que é Deus. Então Jesus o instrui a obedecer aos mandamentos. Totalmente. Não faça uma ou outra coisa boa, nem tente melhorar aqui e ali, mas seja inteiramente bom, faça tudo o que Deus mandou, para ser do jeito como ele é. Como o jovem rico ainda tinha dúvidas, Jesus cita alguns dos Dez Mandamentos e arremata: "Amarás o teu próximo como a ti mesmo".

    Aí o rapaz afirma que cumpriu tudo e, pelo jeito, não mentia. Só que aquela última frase parece ter escapado. "Amar o próximo" é um tanto nebuloso e não consta da lista de mandamentos que ele tinha na cabeça. Ignorou. Jesus então o desafia bem aí: largue tudo, dedique-se ao próximo e siga-me. Note que o essencial não era a beneficência, mas livrar-se de tudo o que (o) possuía para ter acesso ao Único Bom, Deus.

    Conclusão: para ser bom, não basta ser melhor, é preciso buscar a Fonte, e para nos levar até ela Jesus veio a nós, morreu e ressuscitou. Ao deixarmos todas as nossas "melhorias" e vivermos exclusivamente em função desse Jesus ressuscitado, Deus mesmo nos torna bons, e o resto virá por si, como diz, em outras palavras, o versículo 5 em Romanos 6: "Se fomos unidos a ele na semelhança da sua morte, certamente o seremos também na semelhança da sua ressurreição".

Melhorar é bom, mas o melhor é ser bom.

 

Texto extraído do livro "Pão Diário" - nº 15

15/08/13