NATAL

29/12/2012 16:05

 

       Há quem diga que o natal não é uma data, mas sim um estado de mente. Muitos nessa data ficam com seus corações sensíveis, são mais amáveis, dão presentes, fazem festas, reúnem a família, etc. A data natalina realmente provoca todo esse comportamento.

    O problema não está nesse comportamento, mas naquelas atitudes que acompanham a pessoa durante o ano todo. Esse logo ao amanhecer, ou seja, quando termina a noite natalina volta a ser carrancudo, brigão, egoísta, só compreende o que lhe agrada, vive criticando o irmão, enfim torna a viver de forma contrária ao que se deve viver.

    O natal expressa por um dia todo sentimento que deve ser de toda vida. No natal comemora-se o nascimento de Jesus Cristo e este veio mostrar como se deve viver. O Senhor Jesus veio revelar o amor de Deus aos homens. O amor deve ser uma prática diária na vida daqueles que realmente tem Jesus no coração. Quem tem Jesus no coração tem a sua mensagem de amor, paz e justiça.

    Aquele que vive o espírito natalino apenas no mês de dezembro ou no dia 25 vive apenas uma data e sua influência, porém aquele que vive o ano todo amando o próximo e procurando o espírito da paz e a prática da justiça vive a mensagem de Cristo. Vive o verdadeiro natal. Natal não é apenas comemorar por um dia o nascimento de Jesus, mas sim viver os ensinamentos do Mestre.

    O espírito natalino deve fazer parte constantemente em nossas vidas. Natal é o Emanuel (Deus conosco) e Ele não se faz presente apenas no dia 25, mas sim em toda nossa vida.

    Vamos viver o espírito natalino todos os dias de nossa vida. Vamos fazer do nosso coração a hospedaria para o Senhor. Que nosso coração seja o lugar do seu nascimento e o lugar de sua habitação. Lucas 2:7

    Sei que é uma difícil tarefa viver as virtudes de Cristo no dia a dia, porém devemos nos esforçar sempre, pois agindo assim estaremos sendo abençoados e abençoaremos o próximo.

 

    Reverendo Paulo Sérgio Cancela