O PULSAR DO CORAÇÃO

16/01/2013 11:43

Leitura Bíblica: Lucas 15:11-31

 

    Se pudéssemos escutar as batidas do coração de Deus, o que ouviríamos? Ho-mem, ho-mem, ho-mem...Essa realidade maravilha anjos e mortais. O salmista pergunta, "...que é um simples ser humano para que penses nele? Que é um ser mortal para que te preocupes com ele?" (Salmo 8:4). E anjos observaram em santa admiração o desenrolar do plano da redenção para a humanidade (1 Pedro 1:12).

    O amor de Deus pelas pessoas é surpreendente, especialmente se considerarmos que ajudar as pessoas é muito difícil, cansativo, e cheio de inquietações. As pessoas são instáveis, boas, uma hora, e más, em outra. Olhe para o rei Davi, para o apóstolo Pedro, (...). Somos consistentemente inconsistentes!

    No entanto, na Palavra de Deus encontramos histórias semelhantes às de Lucas 15:13-31. Veja o padrão:

* O homem desobedece a Deus - O filho mais novo desobedeceu ao pai. O filho mais velho aparentava obedecer ao seu pai, mas por dentro, estava descontente com ele (vv 13,29-30).

* Deus inicia a reconciliação - O pai saiu para encontrar os dois filhos (vv 20,28). Seu coração estava "com muita pena" (v 20). E ele se humilhou e insistiu (v 28) com o seu filho mais vilho para se alegrar com ele na reunião familiar.

* Duas reações - O filho mais novo se arrependeu, enquanto o mais velho recusou-se a se alegrar com sua família a despeito dos pedidos de seu pai.

    O amor de Deus pelas pessoas deveria ser exemplo nítido para nós. Ao compreendermos o pulsar de Seu coração, somos impulsionados a amar as outras pessoas. O apóstolo Paulo captou o coração de Deus e o ministério qeu Ele nos deu ao escrever: "portanto, estamos aqui falando em nome de Cristo, como se o próprio Deus estivesse pedindo por meio de nós. [...] deixem que Deus os transforme de inimigos em amigos dele" (2 Coríntios 5:20).

Pof Fang Chia

Texto extraído do livro "Pão Diário"edição especial

10/01/2013